A Academia de Polícia Civil de Sergipe, em parceria com o Corpo de Bombeiros do Estado de Sergipe, recebe desde o início de fevereiro/2021, em suas instalações, o primeiro Curso de Oficiais Bombeiros Militar – CFO/BM realizado no Estado de Sergipe. De acordo com Ten Cel Morais, Chefe do Departamento de Ensino Pesquisa e Instrução- DEPI do CBM/SE o curso de formação tem previsão de encerramento em Dezembro do corrente ano, são 12 (doze) alunos, sendo 02 (duas) mulheres, todos com nível superior de graduação, os quais utilizarão toda a estrutura da Academia para serem formados.

O CFO/BM iniciou a sua execução no Estado de Goiás, mas após a paralização, decorrente da pandemia, está tendo continuidade no Estado de Sergipe. Atualmente, os alunos já possuem um Curso de Especialização de Prevenção contra incêndio, o qual teve duração de aproximadamente 03 (três) meses.

O Ten Cel aproveitou a oportunidade para ressaltar a parceria com a Acadepol/SE em outras oportunidades, como nos cursos de soldado, cabo e sargento, bem como na facilitação do acesso à Rede EAD/Senasp intermediada por Adilton Paz, Agente de Polícia Civil, Chefe do EAD/Acadepol, deixando claro a importância no estreitamento de laços entre as instituições Corpo de Bombeiros Militar e Polícia Civil.

O Diretor da Academia de Polícia de Sergipe, João Batista, recebe sempre com grande satisfação os alunos do Corpo de Bombeiros/SE haja vista acredita ser indispensável a intersecção entre as instituições e deixa claro que a população sergipana é a grande beneficiada com essa união.

O Major Melo, Subchefe do Departamento de Ensino Pesquisa e Instrução- DEPI do CBM/SE pontuou nessa oportunidade que a participação da Academia de Polícia tem auxiliado sobremaneira a formação dos alunos, haja vista que atualmente o CBM/SE recebe os maiores cursos de formação já realizados pelo Corpo de Bombeiros/SE, executando concomitantemente três cursos de formação.

Dorival Lisboa, Agente de Polícia Civil, Chefe do Departamento de Ensino da Academia, diariamente se coloca a disposição das demandas, demonstrando abertura entre as instituições, agradece a confiança e corrobora a importância no estreitamento entre as instituições.