A Academia de Polícia Civil de Sergipe (Acadepol) realizou na quinta-feira, 12, instruções de tiro policial embarcado em viatura para os policiais concludentes do segundo ciclo do projeto “Investigação Policial: estudos de caso”. O projeto consiste na realização periódica de minicursos que abordem estudo de casos de investigações policiais reais e prevê, ao término de cada ciclo, a realização de uma instrução de caráter tático-operacional com os alunos concludentes.

“A formatação da instrução de tiro policial embarcado em viatura teve como objetivo oferecer aos alunos do curso uma simulação de situação na qual podem se envolver no seu dia-a-dia como policiais e para a qual precisam dar uma resposta, a fim de proteger a vida do cidadão e a sua própria”,  afirmou Géverson Ferreira Ramos, coordenador do Setor de Instrução de Armamento e Tiro (SIAT), que dirigiu a atividade.

“Estar na atividade policial exige uma preparação constante e com qualidade. A Acadepol está oportunizando isso, nos dando uma formação apropriada para combater a criminalidade”, afirmou um dos participantes do treinamento, o agente de Polícia Civil Deison Nobre, ressaltando a importância do aprimoramento profissional.

Atendendo à política de integração entre as forças policiais, incentivada pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), além de policiais civis, participaram da instrução policiais militares, rodoviários federais, guardas municipais e bombeiros militares, que também foram alunos regulares do segundo ciclo.

A mesma instrução será repetida nesta quinta, 13, e sexta-feira, 14, para os alunos que ainda não participaram. Os instrutores do SIAT estão avaliando se irão oferecê-la novamente no terceiro ciclo, dada a aceitação entre os participantes.

 

Fonte: ASCOM/SSP/SE