A Academia de Polícia Civil de Sergipe recebeu, na última terça-feira, 20, dez agentes ambientais federais da Superintendência do IBAMA em Sergipe (SUPES/SE-IBAMA) para treinamento de manuseio e emprego de arma de fogo, ministrado pelos instrutores do Setor de Instrução em Armamento e Tiro (SIAT), da Acadepol.

Com base nas necessidades apontadas pelos agentes, os instrutores do SIAT elaboraram uma instrução de oito horas, que envolveu noções de montagem e desmontagem de pistola, modelo PT 100, fundamentos de tiro, saque, recarga e tiro estático. O objetivo foi promover a familiaridade dos agentes com o armamento, visto que estes atuam como polícia ambiental e participam, com frequência, de operações de risco elevado.

O diretor da Acadepol, João Batista Santos Júnior, enfatizou a importância desse evento para o fortalecimento da integração entre as instituições que atuam na segurança e defesa social e comentou sobre as atividades que foram desenvolvidas. “Nesse primeiro contato, foram trabalhadas exaustivamente algumas noções iniciais do manuseio e emprego da pistola. A ideia é que possamos ter mais alguns encontros, com o objetivo de proporcionar para esses agentes a segurança necessária para portar uma arma de fogo”, afirmou.

Para Hugo Peres Curvello, agente ambiental federal que participou do treinamento, o curso foi muito importante e bastante proveitoso. “O curso foi muito bom, com instrutores de alta qualidade e didática elevada. Essa capacitação é importante para nossa função, pois devemos estar preparados para enfrentar os infratores ambientais, não só aqui no Nordeste, mas principalmente no Norte do país, em nossa missão institucional de defender o meio ambiente”, concluiu.